O Silêncio da Dor


Onde está o homem que um eu amei?!
Aquele por quem me apaixonei…
Onde ficaram as promessas eternas de amor?!
O tempo em que não exisitia dor…

Já não estão aqui…
Desvaneceram por entre o silnêncio que me domina
E hoje… já nada em ti me fascima
Sinto raiva… ódio e horror
Por fazeres da minha vida um terror

Julgaste mais forte do que eu
Mas na verdade não o és…
Mesmo quando me humilhas a teus pés

A minha alma é grande
Vai libertar-se para sempre…
Encontrei o caminho do sossego
Onde nada nem ninguém me pode fazer mal

Descobri que para além daqui
Há um mundo que também… espera por ti!

LF

Categorias: Uncategorized

Subscreva-nos e siga-nos aqui!

Subscribe to our RSS feed and social profiles to receive updates.

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: