Arquivo | Março, 2011

Queijadinhas de Laranja




Ingredientes

500 g de açucar
180 g de farinha
80g de manteiga
8 dl de leite
6 ovos grandes
Raspa da casca de 2 laranjas
1 pau de canela
Margarina para untar

Preparação

Untar as forminhas com margarina e ligar o forno a 180ºC. Num tacho juntar o leite, o pau de canela e a raspa das laranjas. Levar ao lume até levantar fervura. Noutra tigela misturar o açúcar e a farinha. Adicionar os ovos e mexer muito bem. Retirar o pau de canela do tacho e juntar o leite a pouco e pouco, mexendo sempre. Adicionar a manteiga derretida e mexer até ficar uma mistura homogénea. Distribuir pelas formas.

Colocar um pano de cozinha no fundo de um tabuleiro e dispor as forminhas por cima do pano. Com cuidado, deitar água a ferver para cima do pano, de maneira a que chegue até metade da altura das forminhas. Levar ao forno cerca de 30 minutos ou até ficarem coradas. Desenformar com a ajuda de uma faca e colocar em forminhas de papel.

Bom Apetite! 

Anúncios

Pastel de Carne Surpresa


Pensei em fazer este pastel de carne na forma do bolo Inglês e recheá-lo com ovos cozidos e legumes…. até aqui tudo bem! Não ficou exactamente como idealizei, mas estava Muito Bom :). Para a próxima sairá mais perfeitinho!

Ingredientes

500 g e carne picada (como é hábito a maior parte de vaca, a restante de porco, com um chouriço de carne e um pouco de toucinho).
1 cebola
2 dentes de alho
Salsa picada
2 ovos
4 colheres de sopa de farinha
1 carcaça desfeita num pouco de leite
Sal, pimenta e louro em pó
4 ovos cozidos
2 cenouras descascadas e cortadas em palitos longos
100 g de Espinafres

Preparação

Numa taça misture a carne picada, a cebola bem picada, os alhos picados, a salsa picada, 2 ovos inteiros, a farinha e o pão. Tempere com sal, pimenta e louro em pó a gosto.  Coza as cenouras em palitos e os espinafres. Escorra e reserve. Unte uma forma com margarina e coloque no fundo metade da carne. Em seguida junte os ovos cozidos um atrás dos outros e por cima coloque as cenouras e os espinafres. Por fim termine tampando tudo com a restante carne, fazendo pressão com a mão sobre a carne. Coloque umas nozinhas de margarina por cima e leve ao forno aquecido a 180º, até estar bem cozido e douradinho. Desenforme, corte às fatias e sirva com esparguete.

Bom Apetite 🙂 

Bolo Bom


Ingredientes

250g de açúcar
3 ovos
1dl de leite
1 cálice de licor (utilizámos licor de alfarroba)
2 colheres de chá de canela
2 colheres de chá de fermento
50g de nozes partidas
250g de farinha

Preparação

Bata muito bem o açúcar com os ovos até obter uma mistura homogénea e fofa. Junte o leite, o licor, a canela, o fermento, a farinha. Mistura tudo e no final envolva as nozes. Unte uma forma e polvilhe com farinha. Leve ao forno a 180º cerca de 25 minutos. Verifique a cozedura com um palito. Deixe arrefecer, desenforme e polvilhe com açúcar em pó.

Bom Apetite 🙂

Pão com Frango


Ingredientes

1/2 frango
1 cebola
Sal e pimenta
25g de fermento de padeiro
1,5dl de caldo de frango
500g de farinha de trigo
100g de pepino em conserva

Preparação

Coloque o frango numa panela de pressão, cubra com água, junte a cebola e tempere de sal e pimenta. Deixe cozer durante 35 minutos. Desfie a carne e reserve o caldo. Desfaça o fermento no caldo da cozedura do frango, ainda morno, envolva com a farinha e tempere de sal. Amasse bem até obter uma massa maleável. Estenda a massa sobre o comprido e espalhe o frango por cima. Junte o pepino em conserva e enrole a massa sobre o recheio. Coloque num tabuleiro de forno untado e polvilhado de farinha e dê algumas tesouras na parte de cima da massa no sentido do comprimento. Deixe levedar durante 30 minutos e leve ao forno 40 minutos a 200º.
Bom Apetite 🙂

Hamburguer de Frango com Molho de Alho


Ingredientes

2 peitos de frango
1 cebola pequena picada
1 dente de alho
1 colher de sopa de natas
1 colher de sopa de molho de soja
coentros
Sal e azeite
1 colher de chá de mostarda
1 colher de sopa de pimentão
1 pacote de mistura de alfaces
Vinagre Balsâmico
Maionese e 2 dentes de alho

Preparação

Pique os peitos de frango e junte gradualmente todos os ingredientes, menos a maionese e o azeite. Volte a picar tudo até os ingredientes ficarem bem misturados. Molde a misture em forma de hambúrguer e passe por farinha. Frite em azeite bem quente. Sirva com a maionese mistura com os dois alhos picados.

Bom Apetite 🙂

Dicas Na Cozinha – Aves


Aves:
1. Tempere a gosto o frango. Numa panela com óleo bem quente, coloque várias rodelas de cebola e deixe dourar bem. Adicione o frango temperado. Ele ficará com a cor e o sabor do e um agradável aroma.

2. Retire a banha amarela que envolve o frango, lave e coloque numa panela para derreter. Em seguida, coloque o frango já cozido que ele ficará muito mais saboroso.

3. Em vez de um peru grande, compre dois pequenos. Além de assar em menos tempo, tem duas vezes os melhores pedaços.

4. Para deixar um frango ou galinha bem limpos e branquinhos, passe farinha de mandioca, deixando repousar cinco minutos. Depois, lave com água fria.

5. O frango frito fica dourado e sequinho, sem pegar à  panela, se colocar uma colher de sopa de maisena no óleo da fritura bem quente.

6. Para desossar um frango, corte a pele das costas no sentido do comprimento. Passe a lâmina da faca entre a carne e os ossos. Quebre os ossos das pernas e vire-as para poder retirar a carne.

7. Quando você for empanar frango com farinha, deixe-o na geladeira por uma hora. Assim, a farinha adere melhor ao frango na hora da fritura.

8. A carne de peru ficará crocante e com sabor mais apurado se pincelar com mel depois de assar.

9. Se a galinha estiver dura e demorada a cozinhar, coloque dentro da panela uma cortiça. Assim, a galinha amolece rapidamente.

10. Faça uma pasta com dois ovos cozidos, salsinha picada, dois dentes de alho, uma pitada de pimenta-do-reino e maionese. Passe o frango nessa mistura e coloque para assar. Fica muito saboroso.

11. O frango ficará mais macio se colocar no tempero ou no cozimento uma pitada de fermento em pó ou de bicarbonato de sódio.

12. Passe, no peito do frango, manteiga ou margarina, ou ainda óleo, e cubra com papel de alumínio. Leve para assar, colocando o frango com o peito voltado para baixo. Assim, a carne ficará mais macia.

13. Para que o frango ou galinha cozinhem mais rápido, basta adicionar meio copo de cerveja branca ao cozimento.

14. Adicione, ao refogar a galinha, duas colheres de sopa de açúcar. Assim, ela ficará dourada e bem firme quando cozida.

15. Antes de temperar o frango, escalde com água fervente e sumo de limão. O frango ficará menos gorduroso.

16. Utilize as sobras de frango assado ou ensopado para fazer risoto, suflê, arroz de forno, canelone, salada, croquetes, torta, pudim ou ainda recheios para empadas e pastéis, misturando com ervilhas.

17. O frango à milanesa ficará mais saboroso se você acrescentar um pouco de queijo parmesão ralado à farinha, antes de fritar.

18. Deixe o frango descongelar sozinho dentro de uma taça. Utilize a água do degelo para cozinhar o frango, pois ali estão as suas vitaminas.

Focaccia – Pão com Azeitonas e Ervas Aromáticas


Mais um pãozinho saído das revistas do CM…. muito bom!



Ingredientes

2 colheres de chá de levedura seca
1 colher de chá de açúcar
500g de farinha simples
60 ml de azeite
150 g de azeitonas pretas sem caroço e picadas
Ervas aromáticas (usei, orégãos e salsa seca) Também pode usar manjericão
2 colheres de chá de sal

Preparação

Coloque a levedura, o açúcar e 125 ml de água morna numa tigela pequena e mexa até estarem dissolvidos. Deixe repousar em local quente 10 minutos. Peneire a farinha e 2 colheres de chá de sal para uma taça e faça um buraco ao centro. Adicione a mistura da levedura, o azeite e 185 ml de água morna. Mexa até obter uma massa mole e forme uma bola com as mãos enfarinhadas. Vire a massa para uma superfície polvilhada com bastante farinha e amasse bem durante 10 minutos. Coloque a massa numa tigela grande, ligeiramente untada com azeite, cubra-a com película aderente e deixe repousar durante 1 hora.
Espalme a massa e adicione as azeitonas cortadas e as ervas que desejar. Amasse tudo e envolva durante 1 minuto. Divida a massa em 4 porções iguais. Espalme cada porção para obter uma forma oval e realize corte com a letra V ao longo da massa. Disponha a massa em tabuleiros bem polvilhados com farinha, deixando espaço entre eles. Tive que usar 2 tabuleiros. Cubra os tabuleiros com película e deixe repousar mais 20 minutos. Vai ver que a massa vai voltar a crescer.
Aqueça o forno a 210º. Deixe cozer a Focaccia durante cerca de 35 minutos, ou até ficar estaladiça. Para obter uma crosta estaladiça, pulverize o interior do forno com água 15 minutos após ter colocado no forno.
Que maravilha!

Bom Apetite 🙂

Morangos com Iogurte Grego




Ingredientes

1 caixa de morangos 500g
4 Iogurtes gregos

Preparação

Lave e retire a rama dos morangos e corte a seu gosto.
Envolva no iogurte grego.

Tão simples quanto isto…

Bom Apetite 🙂

Queijadinhas


Aqui estão as queijadinhas feitas pelo Barriguinhas e aprovadíssimas! Bommmmmmmmmmmm
Dedico esta receita ao meu querido sobrinho Bruno, o nosso “Pipoquinha” que hoje faz 5 aninhos 🙂



A presença da nossa amiga Ricardina da Silva Travassos já vai sendo habitual, aqui no nosso espaço.
Hoje presenteou-nos com umas queijadinhas de aspecto delicioso. Obrigada Amiga 🙂

Ingredientes

3 – Ovos inteiros;
1oo Grs de farinha;
4oo Grs de açúcar;
50 Grs de manteiga;
0,5 Litro de leite morno

Preparação

Bate-se os ovos, com a manteiga derretida e o açúcar, junta-se a farinha e o leite morno, … não pare de envolver.
Depois de bem mexido/ batido, leva-se a cozer em fominhas de queques untadas com manteiga e polvilhadas com farinha.
Esta massa ficará espessa mas líquida.
Após cozer, e com aspecto de pequenos queijinhos, desenforma-se passam-se ou polvilham-se com açúcar e canela (não ficam muito doces) e colocam-se em forminhas de papel plissado.
Dada a simplicidade, aproveite as crianças da casa e divirtam-se na cozinha, elas vão gostar.


Bom apetite 🙂

 (dobre a receita e fará muitos)

Pão de Batata e Sementes de Sésamo




Ingredientes

1 colher de sopa de gelatina em pó incolor
60g de puré de batata
100g de farinha maizena
200g de farinha simples
65ml de azeite
1 colher de chá de açúcar
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de levedura seca
1 ovos
2 colheres de chá de sementes de sésamo

Preparação

Aqueça o forno a 200º. Coloque a gelatina em 200ml de água fria e deixe repousar para que amoleça. Unte uma forma tipo de bolo de inglês e unte com manteiga. O pão coze melhor numa forma de lata. Quando a gelatina tiver amolecido, aqueça a mistura em lume brando até ficar transparente. Junte a mistura quente de gelatina ao puré de batata e metade da farinha maizena e misture bem. Adicione o azeite, o açúcar e o sal a esta mistura e, enquanto esta ainda estiver quente. Junte também a levedura. Junte a farinha peneirada e em seguida junte também a farinha maizena previamente misturada com o ovo batido. Bata a mistura com a batedeira. Deverá ficar uma massa espessa – se estiver muito presa junte um pouco de água morna. Deite a massa na forma preparada e deixe repousar 15 minutos. Polvilhe com as sementes e sésamo e coloque no centro do forno, onde coze durante 40 minutos ou até o pão soar oco quando lhe bater.
Bom Apetite 🙂

Frango Com Sopa de Cebola e Natas




Esta é uma receita que todos conhecem, mas aqui fica a que nós fizemos, onde colocámos um legume. Ficou delicioso.

Ingredientes
600g de frango limpo de pele e partido em pedaços
1 embalagem de sopa de cebola
3 pacotinhos de natas
Pimenta
Acrescentei cerca de 200 g de grelos cozidos para por na base do pirex
Preparação

Barrei o fundo do pirex com nata e por cima coloquei um resto de grelos congelados que tinha sobrado (e desta forma dei-lhes utilização) e temperei com um pouco de pimenta moída. Coloquei o frango, que entretanto massajei com um pouco de pimenta e só uma pitada de sal. Por cima levou o conteúdo da embalagem da sopa de cebola e por fim as natas. Levei a forno quente até o frango estar cozido (tenha atenção com o tempo de forno para que as natas não sequem. Acompanhei com um arroz frito: num tacho com 50ml de azeite, um dente de alho inteiro, 1 knorr de alho e salsa, 200 g de arroz. Deixei que o arroz fritasse um pouco. Juntei 600ml de água bem quente e deixei cozer o arroz. Rectifique de sal a seu gosto quando faltar cerca de 5 minutos para o arroz estar cozido, uma vez que o knorr que coloquei já tem sal.

Bom Apetite 🙂

Francesinha Simples


Um agradecimento especial ao meu querido sobrinho Paulinho pelas belas fotografias 🙂



Ingredientes

Para o molho
1 cerveja
1 caldo de carne
2 folhas de louro
1 colher de sopa de margarina
1 cálice de vinho do Porto ou Brandy
1 colheres de sopa de farinha maizena
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 dl de leite
Piri-piri

Preparação do molho
Num Tacho dissolva a maizena com o leite e junte todos os outros ingredientes. Deixe cozer e triture com a varinha mágica. Deixe cozer bem para o molho engrossar e vá mexendo para não se pegar ao fundo do tacho.

Ingredientes para o pão
2 fatias de pão de forma
Fiambre
Queijo
Salsichas
Linguiça
1 Bife

Preparação

Fazer uma sandes com as fatias de pão torrado com estes ingredientes e cobrir com fatias de queijo que se podem prender com palitos. Coloque num prato fundo e regue generosamente com o molho. Leve ao forno a gratinar.

Bom Apetite 🙂

Como calcular quantidades para a sua Festa


Está a pensar dar uma festa em casa?
Então aqui deixamos algumas dicas, para ajudar na altura de comprar os alimentos e bebidas necessários.
  • Se for um almoço, vai precisar de mais bebida, pois geralmente a temperatura é mais alta. Sem contar um cardapio um pouco diferente, como introduzir um buffet de crepes doces e salgados.
  • Leve em conta a idade dos convidados. Crianças e idosos consomem menos que adultos e jovens. Considere que 2 crianças valem por um adulto.
  • Mas segue abaixo uma estimativa da quantidade de doces, salgados, bolos, bebidas e use também sua experiencia:

  1. Docinhos : 6 unidades por pessoa
  2. Salgados: 12 unidades por pessoa
  3. Refrigerantes/Sumos : 600 ml por pessoa
  4. Cerveja: 600 ml por pessoa
  5. Bolo : 100 g (1 fatia) por pessoa – lembre-se que os pimpolhos ou nao comem, ou devoram varias fatias!!!
  6. Carne : 200 g por pessoa
  7. Carne para churrasco : 400 g de carne, que voce pode dividir por picanha, linguiça, costela ou outro tipo de carne.
  8. Arroz: 150 g de arroz cozido por pessoa
  9. Massa : 200 g por pessoa


Boa sorte com a sua festa e divirta-se 🙂

Doce Branco&Negro


Ingredientes

200g de chocolate em barra
200ml de natas
100ml de leite
1 colhere de sopa bem cheia de maisena
1 Lata de leite condensado normal
1/4 Lata de leite condensado cozido
2 latas de leite
100g de palitos de la Reine
4 ovos
8 colheres de sopa de açúcar
3 colheres de açúcar
Serpentinas de chocolate para a decoração

Preparação

Leve um tacho ao lume com o conteúdo da lata de leite condensado normal, 4 gemas, 100ml de natas, 2 latas de leite, 100g de chocolate e a maisena. Vá mexendo sempre até ferver e engrossar. Coloque este preparado num pirex de servir. Em banho maria dissolva as restantes 100g de chocolate com aos 100ml de leite e as 3 colheres de sopa de açucar. Mergulhe os palitos de la reine neste molho e coloque por cima do preparado anterior, fazendo pressão para baixo. Bata as claras bem firmes e vá juntando as 8 colheres de açúcar alternadamente até obter um merengue bem espesso e brilhante. Disponha este merengue por cima do anterior preparado com a ajuda de um saco pasteleiro ou de uma seringa. Decore com o leite condensado cozido e as pepitas de chocolate. Leve ao frio algumas horas antes de servir.
Bom Apetite 🙂

Tortilha de Batata Cebola e Pimentos Vermelhos no Forno




Ingredientes

8 batatas cozidas
8 ovos
1 pimento vermelho ou pimento em calda
1 cebola
Sal e pimenta
Salsa

Preparação

Bata os ovos numa taça grande e tempere de sal e pimenta. Numa frigideira refogue com um pouco de azeite, o pimento cortado em pedaços, a cebola picada e em seguida junte também as batatas e a salsa picada. Escorra este preparado para retirar o excesso de gordura. Adicione aos ovos batidos e envolva. Aqueça o forno a 180º. Unte uma tarteira com margarina e deite nela a mistura anterior. vai ao forno durante cerca de 25 a 30 minutos. Retire deixe arrefecer e desenforme ou se preferir sirva na tarteira. decore com tiras de pimentos assados em calda.

Bom Apetite 🙂

Pão com Tomate Seco e Queijo


Um pão diferente…
Cá em casa não apreciaram muito este pão, porque tem realmente um sabor muito forte! Mas mesmo assim aqui vos deixo a receita ligeiramente alterada para que não fique tão intensa e para que experimentem e dêem a vossa opinião…

Ingredientes

4 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de açúcar
2 ovos
1 alho muito bem picado
175 ml de leite
290 g de farinha simples
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colhere e meia de chá de sal
100 g de queijo ralado
1 cebola pequena
Pimenta preta (1/2 colher de chá)
40 g de tomate seco
Salsa picada

Preparação

Misture o azeite, o açúcar, os ovos, o alho e o leite numa tigela até obter uma massa.
Numa tigela separada, misture a farinha, o fermento em pó, o bicarbonato de sódio e o sal, depois junte o queijo ralado, a cebolas cortada às rodelas finas, a salsa picada, a pimenta moída e os tomates cortados às tiras.
Junte a mistura do leite à farinha e mexa até os ingredientes estarem envolvidos.
Eu fiz como dizia a receita e coloquei numa forma bem untada com margarina, mas na minha opinião fica melhor num tabuleiro baixo para depois cortar em quadrados. Alise a massa por cima com uma colher molhada em água fria.
Aqueça o forno a 180º  e deixe cozer o pão durante cerca de 50 minutos. Deixe arrefecer 10 minutos antes de retirar da forma.

Bom Apetite 🙂 

Arroz Doce na MFP ~ MFP Receitas


Ingredientes

1L leite magro
200 g de arroz carolino
100 g de açúcar
1 colher de chá mal cheia de maizena
1 pacotinho de açúcar baunilhado
Casca de 1 limão

4 gemas
1 colher de sopa de pudim mandarim
2 colheres de sopa de leite

Preparação

Coloque na cuba da MFP todos os ingredientes pela ordem indicada, excepto os três útimos ingredientes. Escolha o programa para compotas/doces, 1h20 minutos. Quando o programa acabar, numa tigela, misture bem as gemas, o pudim em pó e o leite. Abra a cuba da MFP e deite este preparado, mexendo com uma colher de pau. Volte a fechar a máquina e coloque novamente no programa das compotas (que na minha MFP é o 9) e deixe cozer só mais 8 minutos. Desligue a máquina e coloque numa travessa…. ai que delícia 🙂

Bom Apetite 🙂 

Gaspacho


Ingredientes

2Kg de tomates maduros
1 pimento verde
1 pepino
1 cebola
4 dentes de alho
sal fino
4 colheres de sopa de azeite
5 colheres de sopa de vinagre de vinho
Orégãos
Pão duro

Preparação

Retire a pele e as sementes ao tomates. Corte 1 tomate grande em quadradinhos e reserve numa taça. Lave o pimento, retire as sementes e corte metade em quadradinhos, que reserva com o tomate. Descasque o pepino e corte metade aos quadradinho, que reserva junto com o tomate e a metade do pimento. Faça o mesmo com metade da cebola e reserve estes legumes picados. No copo misturador reduza a puré os restantes tomates, pimento, pepino, cebola, os alhos, sal e o azeite. Deita o puré numa tigela e adicione o vinagre. Mexa bem. Junte cerca de 1L de água fria. Verifique a espessura se está a seu gosto e caso necessite junte mais água fria. Corte o pão aos quadradinhos e aloure-os no forno. Sirva a sopa numa terrina com os legumes cortados em separado e o pão também em separado. Polvilhe o gaspacho com orégãos. Cada um serve-se conforme desejar.
Bom Apetite 🙂

Pão de Sementes


Ultimamente ando com a mania do pão! Mas adoro fazer pão, só tenho pena de não ter um daqueles fornos a lenha…. aí assim! Mas por agora vou fazendo no meu forno, que também não me tem deixado ficar mal! É tão bom quando ainda está quentinho…. até se come sem nada 🙂 e os amigos e família agradecem.



Ingredientes 

1 Kg Farinha com sementes para pão (tinha na despensa uma do Continente e foi essa que usei).
Um fio de azeite
1 Colher de chá de sal
2 colheres de farinha de milho (Usei da marca Espiga)
1 pacote de cerca de 11g de levedura seca.
50ml de leite
Água morna

Preparação

Coloquei numa tigela pequena a levedura seca e cerca de 50ml de leite. Levei ao microondas só para aquecer ligeiramente. Retirei, mexi com uma colher e deixar repousar 10 minutos. Numa tigela grande, para poder amassar, coloquei a farinha, abri um buraco ao centro e adicionei o sal, a levedura, um fio de azeite e a farinha de milho. Misturei com a mão e fui acrescentando água até a massa estar com uma boa consistência (nem liquida, nem dura). deve ficar uma massa fofa. Se tiver máquina para amassar é mais fácil :), mas eu ainda não tenho. No fim de amassar bem, forme uma bola, polvilhe com farinha e deixe repousar durante 2 horas. Normalmente a massa vai dobrar o tamanho. Passado este tempo, polvilhe o tabuleiro do forno com abundante farinha e divida a massa quantas vezes quiser. Neste caso fiz dois pães (um para mim e o outro levou a minha querida mãe :), mas pode fazer bolinhas pequenas…. Uma delícia!

Bom Apetite 🙂 

Dicas na Cozinha – *Ervas, Condimentos e Especiarias*


Ervas, especiarias e condimentos são ingredientes que servem para enriquecer as receitas, acrescentando a elas sabor e aroma. Servem também como elementos de decoração e acabamento.
A maioria das especiarias é encontrada em forma de pó, como a pimenta-do-reino, noz-moscada e cominho.
Ervas aromáticas podem ser encontradas frescas ou secas. Se utilizar as secas, lembre-se que os sabores e aromas são mais concentrados, portanto, reduza um pouco a quantidade.
Evite comprar ervas secas e especiarias em embalagens muito grandes. Compre o necessário para algumas receitas, pois com o passar do tempo, o sabor e o aroma tendem a diminuir.

Açafrão

acafraoSabor e aroma delicado, dá uma coloração amarela à receita e pode ser usado para dar cor a massas em geral. É utilizado em algumas receitas com frutos do mar, aves, risotos e na tradicional paella. Utilizado também na preparação de licores. Quando em pistilos, devem ser colocados em líquido morno antes de adicionados à receita. Normalmente, vinho branco ou água. Se em pó (como na imagem), pode ser adicionado diretamente à preparação.

Açafrão Nacional

A cúrcuma é uma raiz de coloração amarela que, transformada em pó, é utilizada em substituição ao açafrão verdadeiro. Em termos de sabor e aroma, não tem nenhuma semelhança com o original. Tem em comum a capacidade de dar coloração amarela à receita. A cúrcuma é a base para o preparo de alguns pratos da culinária asiática.

Alcaparraalcaparra

É uma flor colhida ainda em botão e conservada, geralmente, em vidros, numa mistura de vinagre e sal. De sabor marcante e característico, enriquece molhos e saladas, peixes e carnes. Combina com molhos à base de manteiga, molhos com tomates e maionese.

Alecrim

alecrimErva aromática com odor agradável e forte. Muito utilizada na região do Mediterrâneo, é ingrediente indispensável em assados à base de carne, peixes, pães e massas. Faz um casamento perfeito com azeite de oliva e alho.

Alfavacaalfavaca

Também conhecida como segurelha, pode ser utilizada em diversas receitas à base de carnes vermelhas e aves. Combina também com molhos à base de tomates ou manteiga com ervas.

Alho

AlhoO alho é um dos ingredientes mais importantes da culinária. Utilizado em quase todas as culturas gastronômicas, acrescenta sabor e aroma marcantes a muitos pratos tradicionais. Salvo se indicado em grandes quantidades na receita, deve ser utilizado com cuidado, pois pode sobrepor-se ao sabor dos ingrediente principais da receita, dominando o sabor final da preparação. Quando refogar o alho, evite dourar em excesso, pois isso fará com que a receita fique com um sabor levemente amargo.

Alho-Poróalho_poro

Da mesma família das cebolas, com bulbo branco e folhas verdes e longas. A parte branca é utilizada em refogados, como recheio de tortas e quiches, com massas e em diversos molhos. A parte verde é indicada para aromatizar caldos, sopas e ensopados.

Azeitona

AzeitonaEsse é um dos ingredientes na culinária do Mediterrâneo. Utilizado como antepasto, no preparo de molhos e como decoração. Indispensável em alguma pizzas, nas empadinhas e em recheios para pastel.

Canela

CanelaÉ a casca de uma árvore e pode ser usada aos pedaços (canela em pau) ou moída (canela me pó). Em pau, emprega-se em doces de massa ou em calda e em sobremesas caseiras, como o doce de abóbora, coco e outros. Em pó, pode ser salpicada em doces, em bananas, nos mingaus e em outras receitas. Fica excelente no sorvete também. A culinária do Oriente Médio utiliza a canela como um dos seus principais temperos, inclusive para pratos salgados.

Caril ou Curry

O Caril tem sabor exótico. Compõe-se de uma mistura de várias especiarias. A base é a cúrcuma.  Existem misturas que contem até 16 diferentes especiarias e ervas. É o tempero básico de pratos indianos. Normalmente utilizado em ensopados de frango ou de pescados.

CebolaCebola

Ingrediente indispensável na culinária. É a base da maioria dos refogados e entra na preparação de milhares de receitas. Pode ser utilizada crua, refogada, assada, frita ou cozida. Combina com praticamente tudo.

Cebolinha-verde

CebolinhaA cebolinha-verde, ou cebola-de-cheiro é da mesma família da cebola comum. Seu sabor é delicado e agradável. Pode ser usada como tempero para diversas receitas. Bastante utilizada na culinária típica brasileira, faz um bom par com a salsinha ou o coentro.
Eu uso bastante em molhos para hambúrger, depois coloco a receita.

Cheiro-verde

É uma mistura de cebolinha com salsa. Fresco ou desidratado, esse tempero é indicado para dar sabor e aroma aos refogados, aos ensopados e aos assados em geral.

Coentro

As folhas do coentro são aromáticas e podem ser empregadas para tempero de peixes e moquecas. É utilizado também em cozinhas mais exóticas, como a tailandesa e a mexicana.

Cogumelos

CogumelosSegundo os franceses, os cogumelos trazem para mesa o aroma do bosque. Atualmente, encontramos várias qualidades de cogumelos, como os Paris, os Shiitake, os Shimeji e os Caetetuba. Cogumelos frecos devem ser limpos com um pano em vez de lavados. Encontram-se também os cogumelos secos ou desidratados, que possuem um sabor forte e marcante. Devem ser reidratados antes de serem utilizados nas receitas.

Colorau

ColorauTambém conhecido como colorífico, é extraído do pimentão vermelho ou das sementes do urucuzeiro, árvore nativa brasileira. Emprega-se para dar coloração vermelho-alaranjada a arroz, patês, molhos, aves e carnes de todos os tipos, na tradicional moqueca capixapa e em outras receitas.

Cominho

Cominho em póÉ uma semente pequena e alongada. Pode ser utilizada em grãos, para povilhar pães salgados, ou em pó, como tempero de carnes de panela ou de assados. É um tempero básico da culinária regional nordestina. Apresenta um sabor forte, deve ser usado moderadamente, pois tende a dominar os sabores da receita.

Cravo-da-Índia

cravo_da_indiaTem a forma de um pequeno botão de flor e aroma forte e picante. Utiliza-se inteiro em doces de frutas, sejam em calda ou em pasta. É empregado também em bebidas, como quentão e vinho quente à brasileir. Em pó (pequena quantidade), serve para temperar carnes, ensopados e recitas de bolos, tortas e pães.

DillDill

Uma saborosa e aromática erva, de sabor levemente anisado e parecido com o das folhinhas de erva-doce. Bastante empregado em receitas com peixes, nos molhos com iogurte e em algumas receitas com legumes.

Erva-Doce

Erva-DoceSuas sementes são usadas em pães, doces, bolos, biscoitos e tortas. Serve também para aromatizar o chá que entra na composição da geléia de mocotó. Prepara-se também um delicioso chá com suas sementes.

Estragão

Erva de folhas longas e finas, bastante aromática, utilizada largamente na culinária francesa. Alguns bons vinagres são aromatizados ao estragão.

Gengibre

∏Œ¡≈A raiz do gengibre tem sabor picante e aroma muito acentuado. No norte do Brasil, ela é usada para temperar alguns pratos típicos, como a moqueca de peixe e o tradicional quentão. Na culinária oriental, é um dos ingredientes de base. Indispensável como acompanhamento para sushis e sashimis. Em pó, pode ser utilizado como aromatizante para biscoitos, bolos e tortas.

Gergelim

gergelimAs sementes de gergelim são usadas ao natural ou torradas. Ao natural, são polvilhadas sobre massas de pães, tortas e biscoitos. Torradas, são mais apropriadas para polvilhamento de massas com calda de mel à chinesa, doces árabes e alguns pratos da culinária oriental.

Hortelãhortela

A hortelã fresca é muito utilizada na culinária árabe. Outro clássico é a geléia de hortelã, que acompanha receitas de carneiro e cordeiro. Entra, ainda, no preparo refrescos, drinks, licores e chá.

Kumel

alcaravia-kumelConhecido no Brasil por alcaravia, é muito utilizado por alemães e húngaros para dar sabor característico a alguns de seus pratos mais comuns, como saladas de batatas, patês, chucrute, pães, bolos e biscoitos.

Lourolouro

É utilizado como aromatizante e como estimulante de apetite. Encontrado em folhas secas ou frescas na maioria dos mercados, serve para aromatizar carnes de todos os tipos, ensopados, caldos e marinadas. Algumas pessoas colocam no feijão preto. É utilizado também no cozimento de castanhas.

Manjericãomanjericao

É bastante aromático, sendo usado na preparação de molhos de tomate, no tradicional Pesto genovês, em saladas, cremes, pastas, tortas e pizzas.

Manjeronamanjerona

De aroma e sabor delicados, a manjerona é usada no cozimento de presunto tipo tender, em molhos de tomate (com ou sem carne) e em assados de carne de porco.

Molho Inglês

molho_inglesCondimento bastante utilizado na culinária. Realça o sabor de algumas receitas e torna-se ingrediente principal de outras. Combina com carnes em geral e fica ótimo em sanduíches e molhos. Na composição básica entram anchovas, cravo-da-índia, vinagre e açúcar.

Mostardamostarda

Condimento preparado a partir das sementes de mostarda misturadas com vinagre e cúrcuma, para dar cor. Encontrada em várias preparações diferentes, é indicada como acompanhamento para carnes, salsichas e embutidos em geral. Entra também na preparação de vários molhos, como o molho de mostarda, servido com filet mignon.

Noz-Moscada

noz_moscadaA noz-moscada é uma noz aromática. Ralada, serve para dar sabor característico a sopas, molhos, recheios de carne e frango, aves e carnes ensopadas ou assadas. Muito utilizada também em receitas doces. Utilizada na medida certa, confere um sabor delicado aos pratos. Pode ser prejudicial à saúde se utilizada em excesso, pois seus óleos essenciais possuem princípios ativos.

Orégano

oreganoTem aroma forte e tanto pode ser usado fresco como seco. Indicado para aromatizar pizzas e outros pratos da culinária italiana. Seu sabor tente a dominar a receita, portanto, deve ser usado com moderação. Para liberar mais sabor e aroma do orégano, ao adicioná-lo na receita, esfregue as folhinhas entre os dedos.

Papoula (Sementes)papoula_semente

A semente de papoula tem um sabor agradável e uma textura crocante. Como condimento, pode ser salpicada em massas, biscoitos, strudel e pães. Usa-se também em algumas receitas salgadas.

Pápricapaprica

A páprica doce é extraída de pimentões vermelhos secos. Já a páprica picante é o resultado da pulverização de pimentas vermelhas ao sol. Tanto uma quanto a outra servem para das sabor e cor a diversas receitas. Bastante utilizada na culinária húngara, alemã, polonesa e também na Espanha.

Pimenta-Branca

pimenta brancaA pimenta-branca é extraída do mesmo fruto da pimenta-do-reino. Menos aromática e menos picante. O uso de ambas é o mesmo, mas a pimenta-branca dá um aspecto melhos ao tempero de sopas claras, maioneses, salpicões de legumes com carnes brancas ou presunto e pratos à base de molho branco, porque sua cor não se destaca.

Pimenta-de-CaienaPimenta de Caiena

É uma espécie de pimenta vermelha seca e transformada em finíssimo pó. Muito ardida, deve ser utilizada com cautela. É uma das pimentas mais utilizadas na culinária do sul dos Estados Unidos.

Pimenta-Calabresa

pimenta calabresaÉ a pimenta vermelha seca e transformada em flocos. Destaca-se por ser muito picante. Pode ser acrescentada a refogados bem como na finalização da receita. Utilize-a com moderação, pois ao ser aquecida ela libera os óleos essenciais que conferem bastante ardor à receita.

Pimenta da Jamaicapimenta da jamaica

Apreciada especiaria, também conhecida como pimenta-síria ou tempero ba-har. Seu sabor e aroma lembram uma combinação de canela, noz-moscada e cravo. Útil no preparo de picles, peixes, carnes, frangos e alguns doces.

Pimenta-de-Cheiropimenta de cheiro

As pimentas-de-cheiro são facilmente identificáveis. São bolinhas vermelhas ou amarelas, muito usadas na culinária brasileira, principalmente na baiana. Seu sabor é suave e menos picante do que o da maioria das pimentas e possui aroma agradável, que estimula o apetite.

Pimenta-do-ReinoPimenta do reino

Também conhecida como pimenta-preta, preferencialmente deve ser moída na hora, para manter suas características de aroma e sabor. Podem ser utilizados os grãos inteiros no preparo de caldos, conservas e molhos básicos.

Pimenta-malaguetapimenta malagueta

Pequena, porém poderosa, essa é uma das pimentas mais ardidasm sendo muito usada na cozinha regional brasileira.

Pimenta-Verde

É o poivre-vert dos franceses: a pimenta-do-reino que foi colhida antes de amadurecer e que dá aos pratos um sabor todo especial. Levemente picante e perfumada, serve especialmente para temperar carne bovina. O prato mais conhecido entre os preparados com ela é o filé ao poivre-vert.

Raiz-Forteraiz forte

De forte aroma e sabor acentuado, é usada para temperar patês de queijo, saladas cruas de pepino ou rabanete, arenque e molhos.

Sal

salTempero usado, mundialmente, em quase todos os pratos. De sua exata dosagem depende o sucesso ou o fracasso de um prato. Entra também na composição de muitos doces, pois realça o sabor. É encontado em várias formas: refinado, marinho, grosso e em pedras. O sal marinho é o mais indicado para a culiária, pois proporciona à receita um sabor bastante agradável e pouco ácido.

Salsasalsa

Um dos temperos mais usados na coZinha. De sabor agradável e aroma suave, a salsa comleta as mais variadas receitas. Pode ser encontrada nas espécies lisa ou crespa, sendo esta a mais indicada para a decoração de pratos.

SalsãoSalsão

É semelhante ao aipo. As folhas entram no preparo de caldos, sopas e cozidos. Os talos podem ser consumidos crus, em forma de salada, ou refogados. É ainda um dos ingredientes básicos dos refogados à moda italiana, utilizados em receitas de ensopados.

SálviaSALVIA

É uma erva de folhas ligeiramente acinzentadas, aromáticas e levemente azedas. Servem para o tempero de assados em geral, molhos de sabor forte e carnes de carneiro, cabrito e porco. Bastante utilizado na cozinha italiana. Combina com molhos à base de manteiga.

Segurelha

É o mesmo que alfavaca.

Tomilhotomilho

Mais uma erva importantíssima na culinária internacional. De pequenas folhas arrendondadas, com sabor delicado, lembrando o orégano, porém mais suave. Entra no tempero de carnes e aves em geral, combina com tomates, batatas e legumes. O azeite e o alho são companheiros ideais para o tomilho.

Vinagre

vinagreEsse é mais um ingrediente importante na culinária. Sua origem é muito antiga. Ele é resultado da acidulação de vinho, arroz ou maçãs. O mais comum é o vinagre de vinho branco. O vinagre de arroz é utilizado em toda a culinária asiática e o de maçãs, em algumas culturas européias e norte-americanas. Indispensável em receitas de molhos para saladas e em algumas marinadas para carnes.
%d bloggers like this: