Arquivo | Dicas na Cozinha RSS feed for this archive

Mercado de Natal 2011


“Porque penso que partilhamos o interesse pelas artes culinárias, o prazer dos bons sabores e o desejo de divulgar os bons produtos da nossa terra, aqui divulgamos a existência de actividades do Centro das Artes Culinárias, a funcionar desde Setembro no âmbito de uma parceria entre a associação “As Idades dos Sabores – Associação para o Estudo e Promoção das Artes Culinárias” e a Câmara Municipal de Lisboa, no Mercado de Santa Clara (feira da ladra), em Lisboa..” Aproveitem, porque o calendário promete!

CENTRO DE ARTES CULINÁRIAS – MERCADO DE NATAL 2011

Está a decorrer no Centro das Artes Culinárias, no Mercado de Santa Clara em Lisboa, um Mercado de Natal onde poderá encontrar e comprar os melhores produtos alimentares portugueses, numa mostra variada de paladares e aromas chegados de diversas regiões do país: doçaria tradicional, frutos secos, legumes, queijos, vinhos, azeites, enchidos, pão, chocolates, compotas, licores e muitos mais. E também demonstrações culinárias, cursos, ateliers para crianças, livros, velharias e música.  A sua colaboração é importante. Divulgue e junte-se a nós, particularmente, nas seguintes ocasiões:

  • Mostra de cogumelos. Ainda hoje, Domingo 11, a partir das 15 horas, Tiago Sena, grande especialista em micologia tem para lhe mostrar mais de 100 variedades de cogumelos (comestíveis e não comestíveis). 
  • “Showcooking”: Guloseimas de Chocolate, por Graça Vasconcellos. Dia 14 Quarta-feira, das 18 às 20h;
  • Concerto de Natal,  pelo Coro Preparatório do Coro Infantil da Universidade de Lisboa, dirigido por Erica Mandilo e acompanhado ao piano por João Lucena e Vale. Quinta 15, 18h30h
  • “Showcooking”: Filhoses das nossas terras, por doceiras vindas de diferentes regiões do país. Sábado 17, das 15h00 às 17h00; 
  • Atelier para crianças a partir dos 8 anos: A minha cozinha:  o 1º Atelier da Michèle, por Michèle Miranda. Sábado 17, das 10h30 às 13h;
  • “Showcooking”: Sabores de alheira, pela Escola de Hotelaria e Turismo de Mirandela. Domingo 18, à tarde;
  • Atelier para crianças a partir dos 6 anos – Biscoitos de Natal – ABC: amassar, biscoitar, caixinhar, por Jorge Ribeiro. Segunda 19, das 14h00 às 17h;
  • “Showcooking”: Guloseimas de Chocolate e Brownies, por Graça Vasconcellos. Dia 21, Quarta-feira, das 18 às 20 h;
  • Curso de cozinha: Preparar o Peru – do Mercado para a Mesa, onde se aprende a desossar e rechear o peru, por Teresa Pinto Leite . Quinta 22, à tarde

Para mais informações, e para conhecer melhor o Centro de Artes Culinárias visite o nosso site em : http://www.centrodasartesculinarias.com/index.php?text_id=6

Sal Aromatizado


Ingredientes

1 Kg de sal grosso
4 folhas de louro
Orégãos
Tomilho
Cebolinho
Alho granulado

Preparação

  • Ligar a Mycook na velocidade 8 e através do bucal deitar as folhas de louro para que as pique.
  • Colocar 1/3 do sal e polvilhar com as restantes ervas. Fazer assim até terminar o sal fazendo camadas de sal e de ervas a gosto.
  • Programar 30 segundos na velocidade 4
  • Guardar em frasquinhos de vidro

Dica: Excelente para os cabazes de Natal como oferta!

Insira o botão "GOSTO" em cada publicação do seu blog!


Tão Simples como Isto – Resumindo!

Espero que esta informação sirva de ajuda!

http://www.dicasblogger.com.br/2010/09/como-colocar-o-botao-do-facebook-no.html

Integrando o botão do Facebook no Blogger:

O botão “Gosto” pode ser inserido em qualquer parte. Recomendo que seja colocado no final do post, é o local onde o leitor irá realizar a próxima ação após a leitura, mas isto não é uma regra. Antes de fazer esta alteração, faça um backup completo do template do blog.

Entre no painel do Blogger, clique em design e, depois, em editar HTML. Marque a caixa expandir modelos de widgets e procure por:

<data:post.body/>

Copie e cole logo abaixo do código anterior:

<iframe allowTransparency=’true’ expr:src=’&quot;http://www.facebook.com/plugins/like.php?href=&quot; + data:post.url + &quot;&amp;layout=standard&amp;show_faces=false&amp;width=100&amp;action=like&amp;font=arial&amp;colorscheme=light&quot;’ frameborder=’0′ scrolling=’no’ style=’border:none; overflow:hidden; width:450px; height:40px;’/>

Se deseja que o botão do Facebook apareça na parte superior do post, ao lado do título, coloque o código logo abaixo desta linha:

<div class=’post-header-line-1’/>

Ementa Semanal *1*


É uma boa ideia pensar numa ementa semanal que desejamos fazer e assim poupar dinheiro e esforço quando da compra dos alimentos que vamos precisar. Sempre que possível iremos deixar aqui a nossa sugestão para vos ajudar a elaborar a ementa para a semana aí em casa. Esta rubrica será publicada na sexta-feira para que possa planear a sua ementa da semana seguinte e também fazer as comprar durante o fim de semana. Espero que agrade 🙂

Segunda-Feira
Para o jantar Torttellinis de Espinafres com Legumes Gratinados

Terça-Feira
Para o jantar Lulas Recheadas com Puré de Batata

Quarta-Feira
Para o jantar Pataniscas de Bacalhau

Quinta Feira
Para o jantar Frango Estufado com Batatinhas Salteadas

Sexta-Feira
Para o jantar Ovos Mexidos com Espargos e Chouriço

Sábado
Para o almoço Bacalhau com Grelos e Broa
Para o jantar Massada de Sapateira

Domingo
Para o almoço Almondegas com Puré
Para o jantar Choco Frito

Boa Semana que vem e um Bom Apetite para todos aí em casa 😉

Molho Vinagrete


Pode utilizar esta receita ou adaptá-la ao seu gosto!

Ingredientes

5 colheres de sopa de azeite extra-virgem
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
1 colher de chá de mostarda de Dijon (opcional)
Sal grosso
Pimenta preta moída na altura (fica melhor)

Preparação

Coloca todos uns ingredientes numa taça e bate com um garfo ou com a varinha. Em alternativa pode usar o copo misturador.

Alternativas

  • em vez do azeite virgem extra, pode usar azeite suave misturado com 3 colheres de sopa de frutos secos (noz ou avelã)
  • o vinagre pode ser substituído por: vinagre de arroz que confere um sabor suave * vinagre de vinho tinto ou vinagre de cereja * sumo de lima ou de limão
  • normalmente é incluído no vinagrete 1 dente de alho. Delicioso mas altera o hálito e nem todos apreciam.
  • se se enganou e colocou demasiado vinagre, junte 1 colher de chá de açúcar para cortar o vinagre a mais.
  • pode temperar saladas, carne ou peixe, ficam deliciosos.
  • o azeite de qualidade é um dos melhores temperos que pode utilizar.
Bom Apetite 🙂

Dicas na Cozinha * Tabela Anual Frutas e Legumes


Lá consegui transformar isto em jpg para partilhar. Uma informação sempre útil e que se pode revelar em poupança ao comprar os produtos da estação, que normalmente são mais baratos.

PLÁGIO NÃO!!!


Imagem da autoria de Tulio Sousa
Dá que pensar!
Mas infelizmente é verdade!
Todos os dias é feito plágio através do trabalho de outros!
Ter e manter um blog requer muito trabalho, tempo e dedicação!
Usamos a nossa criatividade para ensinar outros ou simplesmente partilhar os nossos trabalhos!
Todos devem, no minímo respeitar isso!
Seja verdadeiramente criativo…. crie por si!

Dicas Na Cozinha – Gelatina e Manteiga


Gelatina

1. Quando uma receita pedir gelatina em folha e você só tiver em pó, use uma colher de chá para cada folha de gelatina pedida na receita.
2. Ao fazer gelatina, substitua um copo de água por um copo de leite. Assim, aumentará o seu valor nutritivo.
3. Para desenformar gelatina com facilidade, mergulhe a forma por um instante em água fervente. Ou, ainda, ensope uma toalha com água quente, torça e enrole em volta da forma por cerca de quinze minutos. Depois, desenforme dando uma rápida batida na forma.

Manteiga

1. Para amolecer a manteiga, encha uma tigela com água a ferver. Depois, esvazie a tigela e vire ainda quente, sobre a manteiga. Assim, ela amolecerá sem derreter.
2. Retire a manteiga da embalagem, coloque num recipiente e cubra com água. Depois, coloque uma colher de sobremesa de sal na água e leve ao frigorífico. Assim, a manteiga se conservará fresquinha.
3. Se uma receita pedir 1/3 chávena de manteiga ou margarina, meça da seguinte forma: coloque 2/3 de água numa chávena e vá adicionando a manteiga ou margarina, aos pedaços, até que a água alcance a borda da chávena.
4. Ao fazer refogados, experimente trocar a manteiga comum por esta, temperada: misture 100 gramas de manteiga com a casca ralada de meio limão e duas colheres de sopa de cheiros (ervas aromáticas). Pode guardar esta manteiga frio até dois meses.
5. Ao aquecer manteiga para fritos ou refogados, evite que ela se queime juntando à panela algumas gotas de óleo.
6. Coloque um pouco de manteiga ou margarina derretida na massa das panquecas. Assim, você não precisará usar óleo cada vez que colocar a massa para fritar.

Dicas Na Cozinha – Maionese




Maionese

1. Para conservar a maionese por vários dias, adicione uma colher de sopa de água quente, misture bem e guarde num vidro tapado, no frigorífico.
2. Se a maionese talhar, pingue água fervente, aos poucos, sem parar de bater, até que ela volte ao normal.
3. Se a maionese começar a desandar, escorra o azeite, junte uma ou mais gemas, conforme a quantidade de molho, e bata novamente, de acordo com a receita.
4. Faça maionese verde acrescentando folhas de agrião ou de espinafre, bem picadas, à maionese já engrossada.
5. Quando a maionese batida no liquidificador talhar, retire e coloque um ovo inteiro no liquidificador. Depois, vá acrescentando a maionese talhada aos poucos, com o aparelho ligado, até que ela endureça novamente.
6. Para bater a maionese, utilize sempre uma taça de louça ou vidro, nunca de alumínio.
7. Retire a maionese que ficar no fundo do vidro com suco de limão. A mistura dará um óptimo molho para saladas.
8. Para dar um sabor especial à salada de maionese, acrescente aos temperos um pouco de açúcar.
9. No preparo de saladas, poderá substituir a maionese por um iogurte temperado com sal, salsa, orégão, alho socado, cebolinha batida, cebola cortada ou pedacinhos de picles.

Dicas Na Cozinha – Frutas Frescas




Frutas frescas:


1. Lave os morangos sempre antes de tirar a rama, para que não percam o suco.
2. Quando cortar um limão e não usar uma das partes, guarde no frigorífico a parte cortada virada para baixo. Assim, o limão ficará mais conservado.
3. Para dar um gosto especial a saladas, use sumo de limão em vez do vinagre.
4. O melão, quando cortado, absorve odores de outros alimentos. Para que isso não aconteça, envolva-o em
papel de alumínio e guarde em recipiente de plástico no frio.
5. Não estrague um limão inteiro se for usar apenas algumas gotas. Faça um furinho com um palito, use o que precisar e tampe com o mesmo palito.
6. Quando ralar a casca de um limão, nunca chegue até a parte branca, pois ela é amarga e pode prejudicar o doce.
7. Cozinhe cascas de maçã com alguns cravos-da-índia, pedaços de canela em pau e uma colher de mel. Depois, bata no liquidificador. Terá um delicioso molho para cobrir pudins e panquecas.
8. Com cascas de maçã poderá preparar um agradável chá e também um saboroso refresco.
9. Os melões ficarão mais saborosos se forem servidos bem gelados. Por isso, deixe os melões no frio durante dois dias antes de servir.
10. Corte as maçãs ao meio, retire o centro e as sementes. Coloque numa panela e cubra com água. Depois de dez minutos, as cascas estarão soltas, podendo ser removidas facilmente com a ponta de uma faca.
11. Nunca lave uma fruta para ser guardada no frio. Lave somente na hora de comer, assim ela se conservará por mais tempo.
12. Antes de fritar, passe as bananas em farinha de trigo. Assim, elas não ficarão encharcadas de gordura.
13. Para fazer doce, deixe as laranjas mergulhadas em água quente durante cinco minutos, antes de descascar. Assim, a pele branca sairá facilmente junto com a casca.
14. Para conservar por mais tempo as frutas, guarde-as no frio. Mas, antes, embrulhe uma por uma em papel de alumínio.
15. Coloque os morangos durante alguns minutos numa solução de água e vinagre. Assim, eles ficarão limpos e com uma aparência mais saudável.
16. Se colocar a polpa do maracujá dentro do liquidificador e ligar e desligar rapidamente várias vezes, as sementes soltam-se da polpa. Depois, é só coar.
17. Faça um suco de abacaxi diferente: coloque as cascas da fruta de molho num litro de água. Deixe de um dia para o outro no frio. Depois, coe e adoce a gosto.
18. A banana na salada de frutas não ficará escura se cobrir com suco de limão e açúcar refinado.

Dicas Na Cozinha – Farináceos, Pão Ralado e Feijão




Farináceos e Pão Ralado:
1. Caso não tenha trituradora e para fazer pão ralado, coloque fatias de pão torrado dentro de um saco plástico, feche bem e esmigalhe com o rolo de cozinha. Depois, peneire.
2. Para polvilhar facilmente farinha de trigo, coloque-a num recipiente com furinhos, como o saleiro ou passe-a por um passador.
3. Para saber se o fermento em pó ainda está bom, coloque uma colher de sopa rasa do pó num copo com água morna pela metade. Mexa. Se o fermento crescer e ferver, ele ainda poderá ser usado.
4. Para evitar o aparecimento de bichinhos na farinha de trigo, coloque dentro do recipiente algumas folhinhas de louro.
5. A massa com fermento para pão crescerá mais rápido se colocar a forma dentro do forno desligado perto de uma panela com água a ferver. O calor húmido que sai da água faz a massa crescer.
6. Quando polvilhar formas com farinha de trigo, use uma esponja de espuma. Deixe a esponja guardada no recipiente da farinha.
7. Para que a maisena não fique com pedaços por dissolver, dissolva num pouco de água ou leite antes de usar.
8. Para fazer pão ralado sem torrar o pão, basta deixar as sobras de pão no frigorífico por algum tempo. Depois, passe no ralador, ou na trituradora, e peneire.

Feijão:
1. O feijão cozinhará em menos tempo se der uma primeira fervura por cinco minutos, depois escorrer e deixar cozinhar em nova água.
2. Se o feijão ficou muito salgado, adicione algumas folhas de couve. A couve absorverá o excesso de sal e dará um ótimo sabor ao feijão.
3. Para que o feijão fique mais saboroso e com o caldo mais grosso, depois de cozido retire uma concha e amasse bem os grãos. Recoloque na panela e leve de volta ao lume por mais 15 minutos, destampado.
4. O feijão fica mais macio se colocar algumas gotas de azeite enquanto ele estiver a cozer.
5. Coloque o feijão de molho em água quente por 30 minutos antes da cozedura. Assim, ele cozinha mais depressa.
6. Para tirar o cheiro de queimado do feijão, humedeça um pano e coloque na panela como se fosse uma tampa. Quando o feijão ferver, o cheiro ficará retido no pano.
7. Coloque no feijão de molho, de véspera, uma colherinha de fermento em pó. Ele ficará mais macio.
8. Para a casca do feijão não entupir a válvula da panela de pressão, acrescente na água um pouco de óleo.
9. Para engrossar feijão aguado, acrescente uma mistura de água com maisena.
10. Outra forma de deixar o caldo de feijão mais grosso é acrescentar uma colher rasa de farinha de trigo.
11. Quando cozinhar feijão, só tempere com sal no final da cozedura. Assim, o feijão não ficará duro.
12. Se o feijão queimar, transfira para outra panela à parte que não está queimada e acrescente uma cebola inteira, com casca, lavada. Leve novamente ao lume, e ele perderá o gosto de queimado.
13. A sopa de feijão ficará deliciosa se bater o feijão no liquidificador com tomates maduros e um pouco de água, coando depois numa peneira.
14. Para tirar o excesso de sal do feijão, coloque juntamente para cozinhar uma ou duas batatas cruas. Aliás, este é um sistema que resulta com qualquer comida salgada.
15. Para conservar o feijão comprado em grande quantidade, guarde numa embalagem plástica, dentro da gaveta de verduras do frigorífico. O feijão guardado em lata ou em vidro seca facilmente.
16. Ferva o feijão até que ele cresça. Coloque numa garrafa térmica, juntamente com a água do cozimento até a boca, e feche hermeticamente. Deixe repousar durante a noite. Na manhã seguinte o feijão estará totalmente cozido, e terá feito uma boa economia no gás.

Dicas Na Cozinha – *Cebola-Chá-Cheiros*




Cebola:
1. Descasque as cebolas sob água corrente. Assim não ficará com os olhos a arder.
2. Esfregando as mãos com um pouco de sal e enxaguando em água corrente, o cheiro de cebola sairá com facilidade.
3. Pode tirar o cheiro de cebola das mãos, esfregando-as com um pouco de pó de café usado.
4. Quando fritar cebolas, passe as rodelas em natas e depois em farinha de trigo. Dessa maneira, as cebolas ficarão saborosas e crocantes.
5. Se não quiser que a salada fique com cheiro forte de cebola, basta deixar de molho a cebola, já picada, numa taça com água e uma colher de sopa de açúcar, durante meia hora.
6. Para conservar fresca a cebola já cortada, passe manteiga na superfície da parte que sobrou.

Chá:
1. Em vez de açúcar, deixe dissolver no chá um rebuçado de limão ou de hortelã. Ele ficará muito saboroso.

Cheiros:
1. Para tirar o cheiro desagradável de alho das mãos, basta esfregá-las com talinhos de salsa.
2. Para tirar o odor de fritos que fica pela casa, coloque no fogo uma casca de laranja polvilhada com açúcar e deixe queimar.
3. Tira facilmente o cheiro de peixe das panelas esfregando na primeira lavagem um pouco de pó de café usado. Depois, lave as panelas com detergente, e o cheiro desaparecerá.
4. Esfregue as mãos com um pouco de pó de café usado para tirar o cheiro de peixe.
5. Para eliminar o cheiro de peixe dos recipientes, lave-os com água, esfregando com uma esponja embebida em vinagre.
6. Para dar um aroma agradável ao vinagre, coloque umas folhas de manjericão, sálvia ou alecrim dentro da garrafa e depois tape bem.
7. Coloque os temperos de sua preferência, como salsinha, manjericão, etc., numa assadeira e deixe secar. Depois, guarde num vidro bem fechado, no frigorífico.
8. Para tirar o cheiro de gordura que fica pela casa, aqueça numa frigideira, em fogo brando, um pouco de canela em pó.
9. Para tirar com facilidade a gordura de porco das mãos, com um pouco de sal esfregue uma mão na outra.
10. Enxágüe as louças com água quente e cascas de limão. O cheiro de cebola, de peixe e de queijo sairá facilmente.
11. Pedaços de carvão colocados dentro do frigorífico eliminam o cheiro desagradável.

Mimos para o Barriguinhas Parte II


É tão bom sermos mimados e mimar-mo-nos a nós próprios….

Recebi este fantástico livro sobre decoração de bolos, da minha querida sobrinha Sónia 🙂
Fiquei emocionada e encantada com estes bolos de encantar… que bem que soube…
Tem informações verdadeiramente deliciosas e imagens encantadoras… como aliás o próprio título diz 🙂

Maravilhem-se com estas imagens e aqui fica o link, para saberem um pouco mais sobre a autora…

http://www.debbiebrownscakes.co.uk/

Aproveitámos a semana para comprar uns cones para fazer cornucópias à querida Dina da FlorDeTavira

Agora só falta por mãos à obra :))

Dicas Na Cozinha – Café e Carnes




Café:
1. Pode utilizar borras de café usado para lavar galheteiros e vidros de azeite. É muito bom também para lavar e clarear pias brancas e o chão da cozinha. Depois das limpeza, esfregue um pouco das borras de café usado nas mãos. Elas ficam claras e macias.
2. O pó de café ficará como se fosse moído na hora se  o guardar num recipiente fechado dentro do frigorífico.
3. Depois de fazer café, use as borras, coloque no armário, para espantar formigas.
4. Para dar um sabor diferente ao café, misture no pó uma colherinha de chá de chocolate, antes de pôr a água.

Carnes:
1. Para que um assado fique dourado, pincele com molho de soja antes de levar ao forno.
2. Quando  for fazer bolinhos de carnes e não tiver ovos, substitua por puré batata. Cada ovo deve ser substituído por uma batata.
3. Para maior garantia ao comprar carne moída, não compre a que já estiver no balcão. Mande moer a carne na hora.
4. Nunca compre carne no talho que tenha luzes vermelhas no balcão onde as carnes estão expostas, pois com essa luz não poderá perceber se a carne é fresca ou não.
5. Os bifes não ficarão duros nem formarão água se não os temperar com vinagre ou limão.
6. Para dar uma cor dourada aos bifes, coloque na hora de fritar uma colher de sobremesa de polpa de tomate.
7. Quando um assado, coloque junto no forno um refractário cheio de água para evitar que a carne fique seca.
8. Os bifes douram mais rápido se colocar uma pitada de açúcar no óleo de fritura.
9. Para tirar o cheiro e a cor escura de carnes, principalmente congeladas, é só deixar de molho no suco de limão antes de preparar.
10. O bife à milanesa ficará mais gostoso se misturar pão ralado com um pouco de manjericão picado e alguns dentes de alho, picados e esmagados.
11. O bife ficará mais macio se juntar ao tempero um pouco de óleo.
12. Deixe a carne assada ou o rosbife descansar por quinze minutos sobre uma tábua, após o cozimento. Isso facilita o corte e diminui a perda de suco.
13. Antes de fazer churrasco, deixe a carne por algum tempo num molho com sal grosso, Coca-Cola e caldo de laranja e de limão. O churrasco ficará mais macio e saboroso.
14. Quando fizer churrasco, em vez de usar paus ou jornais, embeba um pãozinho em álcool, coloque o carvão por cima e acenda o lume.
15. Ao preparar bifes à milanesa, tempere a carne, passe na farinha de trigo, depois em claras batidas e por pão ralado. A clara não deixa o óleo espumar.

Dicas Na Cozinha – Batata Doce e Bolos




Batata doce:
1. As cascas das batatas-doces sairão facilmente se as colocar imediatamente após as cozer em água fria.

Bolos:
1. Antes de colocar o glacé, polvilhe o bolo com maisena ou farinha de trigo. Assim, o glacé
não cai.
2. O bolo de chocolate não ficará seco, se acrescentar à massa uma ou meia maçã ralada ou, se preferir, uma colher de café bem forte.
3. Se quiser cortar um bolo para recheá-lo, passe uma linha em volta, no sentido do comprimento, dê uma laçada, como se fosse um nó,e puxe. Se quiser cortar em várias camadas, basta mudar a posição da linha.
4. Um bolo com alguns dias pode ficar saboroso se humedecer com leite e depois levar ao forno moderado por alguns minutos.
5. Se ao desenformar o bolo ele estiver colado à forma, coloque a forma por alguns segundos sobre lume baixo. O bolo solta-se perfeitamente.
6. Se o bolo ficar dourado antes que esteja completamente cozido, coloque uma forma com água na prateleira superior do forno.
7. Ao esticar massas amanteigadas, normalmente elas colam ao rolo. Para que isso não aconteça, basta  colocar entre a massa e o rolo um plástico fino e transparente.
8. Enfeite um bolo simples, sem cobertura, colocando uma toalhinha de papel rendada sobre ele e peneire bastante glaçúcar. Retire a toalha com cuidado, para ficar o desenho.
9. O bolo de chocolate ficará mais leve e com uma cor mais bonita se você acrescentar uma colher de chá de bicarbonato de sódio.
10. Em vez de água, use sumo de laranja na sua receita de pão-de-ló. Assim, ele ficará mais saboroso.
11. Para conservar os biscoitos sempre fresquinhos, coloque dentro do recipiente em que for guardá-los um pedaço de pão.
12. Para que o bolo fique marmorizado (com duas cores), coloque um pouco de café solúvel na massa crua.

Dicas Na Cozinha ~ Azeite




Azeite:
1. Para que o azeite não fique rançoso, coloque um pouco de açúcar no recipiente em que guarda o azeite.
2. Se colocar ervas aromáticas, como orégão, alecrim etc., no azeite, obterá um ótimo tempero para saladas.
3. Guarde as azeitonas no frigorífico dentro de um recipiente coberto com água filtrada, sal e uma gota de azeite. Assim, as azeitonas não ficam rançosas.
4. Coloque algumas azeitonas pretas, furadas com um garfo, e um pouco
de alho esmagado num vidro com óleo comum de cozinha e deixe no frigorífico por alguns dias. O óleo ficará com sabor de azeite. Ou ainda, quebre os caroços de azeitona, coloque num recipiente com óleo e deixe durante três meses.

Dicas Na Cozinha – Aves


Aves:
1. Tempere a gosto o frango. Numa panela com óleo bem quente, coloque várias rodelas de cebola e deixe dourar bem. Adicione o frango temperado. Ele ficará com a cor e o sabor do e um agradável aroma.

2. Retire a banha amarela que envolve o frango, lave e coloque numa panela para derreter. Em seguida, coloque o frango já cozido que ele ficará muito mais saboroso.

3. Em vez de um peru grande, compre dois pequenos. Além de assar em menos tempo, tem duas vezes os melhores pedaços.

4. Para deixar um frango ou galinha bem limpos e branquinhos, passe farinha de mandioca, deixando repousar cinco minutos. Depois, lave com água fria.

5. O frango frito fica dourado e sequinho, sem pegar à  panela, se colocar uma colher de sopa de maisena no óleo da fritura bem quente.

6. Para desossar um frango, corte a pele das costas no sentido do comprimento. Passe a lâmina da faca entre a carne e os ossos. Quebre os ossos das pernas e vire-as para poder retirar a carne.

7. Quando você for empanar frango com farinha, deixe-o na geladeira por uma hora. Assim, a farinha adere melhor ao frango na hora da fritura.

8. A carne de peru ficará crocante e com sabor mais apurado se pincelar com mel depois de assar.

9. Se a galinha estiver dura e demorada a cozinhar, coloque dentro da panela uma cortiça. Assim, a galinha amolece rapidamente.

10. Faça uma pasta com dois ovos cozidos, salsinha picada, dois dentes de alho, uma pitada de pimenta-do-reino e maionese. Passe o frango nessa mistura e coloque para assar. Fica muito saboroso.

11. O frango ficará mais macio se colocar no tempero ou no cozimento uma pitada de fermento em pó ou de bicarbonato de sódio.

12. Passe, no peito do frango, manteiga ou margarina, ou ainda óleo, e cubra com papel de alumínio. Leve para assar, colocando o frango com o peito voltado para baixo. Assim, a carne ficará mais macia.

13. Para que o frango ou galinha cozinhem mais rápido, basta adicionar meio copo de cerveja branca ao cozimento.

14. Adicione, ao refogar a galinha, duas colheres de sopa de açúcar. Assim, ela ficará dourada e bem firme quando cozida.

15. Antes de temperar o frango, escalde com água fervente e sumo de limão. O frango ficará menos gorduroso.

16. Utilize as sobras de frango assado ou ensopado para fazer risoto, suflê, arroz de forno, canelone, salada, croquetes, torta, pudim ou ainda recheios para empadas e pastéis, misturando com ervilhas.

17. O frango à milanesa ficará mais saboroso se você acrescentar um pouco de queijo parmesão ralado à farinha, antes de fritar.

18. Deixe o frango descongelar sozinho dentro de uma taça. Utilize a água do degelo para cozinhar o frango, pois ali estão as suas vitaminas.

Como calcular quantidades para a sua Festa


Está a pensar dar uma festa em casa?
Então aqui deixamos algumas dicas, para ajudar na altura de comprar os alimentos e bebidas necessários.
  • Se for um almoço, vai precisar de mais bebida, pois geralmente a temperatura é mais alta. Sem contar um cardapio um pouco diferente, como introduzir um buffet de crepes doces e salgados.
  • Leve em conta a idade dos convidados. Crianças e idosos consomem menos que adultos e jovens. Considere que 2 crianças valem por um adulto.
  • Mas segue abaixo uma estimativa da quantidade de doces, salgados, bolos, bebidas e use também sua experiencia:

  1. Docinhos : 6 unidades por pessoa
  2. Salgados: 12 unidades por pessoa
  3. Refrigerantes/Sumos : 600 ml por pessoa
  4. Cerveja: 600 ml por pessoa
  5. Bolo : 100 g (1 fatia) por pessoa – lembre-se que os pimpolhos ou nao comem, ou devoram varias fatias!!!
  6. Carne : 200 g por pessoa
  7. Carne para churrasco : 400 g de carne, que voce pode dividir por picanha, linguiça, costela ou outro tipo de carne.
  8. Arroz: 150 g de arroz cozido por pessoa
  9. Massa : 200 g por pessoa


Boa sorte com a sua festa e divirta-se 🙂

Dicas na Cozinha – *Ervas, Condimentos e Especiarias*


Ervas, especiarias e condimentos são ingredientes que servem para enriquecer as receitas, acrescentando a elas sabor e aroma. Servem também como elementos de decoração e acabamento.
A maioria das especiarias é encontrada em forma de pó, como a pimenta-do-reino, noz-moscada e cominho.
Ervas aromáticas podem ser encontradas frescas ou secas. Se utilizar as secas, lembre-se que os sabores e aromas são mais concentrados, portanto, reduza um pouco a quantidade.
Evite comprar ervas secas e especiarias em embalagens muito grandes. Compre o necessário para algumas receitas, pois com o passar do tempo, o sabor e o aroma tendem a diminuir.

Açafrão

acafraoSabor e aroma delicado, dá uma coloração amarela à receita e pode ser usado para dar cor a massas em geral. É utilizado em algumas receitas com frutos do mar, aves, risotos e na tradicional paella. Utilizado também na preparação de licores. Quando em pistilos, devem ser colocados em líquido morno antes de adicionados à receita. Normalmente, vinho branco ou água. Se em pó (como na imagem), pode ser adicionado diretamente à preparação.

Açafrão Nacional

A cúrcuma é uma raiz de coloração amarela que, transformada em pó, é utilizada em substituição ao açafrão verdadeiro. Em termos de sabor e aroma, não tem nenhuma semelhança com o original. Tem em comum a capacidade de dar coloração amarela à receita. A cúrcuma é a base para o preparo de alguns pratos da culinária asiática.

Alcaparraalcaparra

É uma flor colhida ainda em botão e conservada, geralmente, em vidros, numa mistura de vinagre e sal. De sabor marcante e característico, enriquece molhos e saladas, peixes e carnes. Combina com molhos à base de manteiga, molhos com tomates e maionese.

Alecrim

alecrimErva aromática com odor agradável e forte. Muito utilizada na região do Mediterrâneo, é ingrediente indispensável em assados à base de carne, peixes, pães e massas. Faz um casamento perfeito com azeite de oliva e alho.

Alfavacaalfavaca

Também conhecida como segurelha, pode ser utilizada em diversas receitas à base de carnes vermelhas e aves. Combina também com molhos à base de tomates ou manteiga com ervas.

Alho

AlhoO alho é um dos ingredientes mais importantes da culinária. Utilizado em quase todas as culturas gastronômicas, acrescenta sabor e aroma marcantes a muitos pratos tradicionais. Salvo se indicado em grandes quantidades na receita, deve ser utilizado com cuidado, pois pode sobrepor-se ao sabor dos ingrediente principais da receita, dominando o sabor final da preparação. Quando refogar o alho, evite dourar em excesso, pois isso fará com que a receita fique com um sabor levemente amargo.

Alho-Poróalho_poro

Da mesma família das cebolas, com bulbo branco e folhas verdes e longas. A parte branca é utilizada em refogados, como recheio de tortas e quiches, com massas e em diversos molhos. A parte verde é indicada para aromatizar caldos, sopas e ensopados.

Azeitona

AzeitonaEsse é um dos ingredientes na culinária do Mediterrâneo. Utilizado como antepasto, no preparo de molhos e como decoração. Indispensável em alguma pizzas, nas empadinhas e em recheios para pastel.

Canela

CanelaÉ a casca de uma árvore e pode ser usada aos pedaços (canela em pau) ou moída (canela me pó). Em pau, emprega-se em doces de massa ou em calda e em sobremesas caseiras, como o doce de abóbora, coco e outros. Em pó, pode ser salpicada em doces, em bananas, nos mingaus e em outras receitas. Fica excelente no sorvete também. A culinária do Oriente Médio utiliza a canela como um dos seus principais temperos, inclusive para pratos salgados.

Caril ou Curry

O Caril tem sabor exótico. Compõe-se de uma mistura de várias especiarias. A base é a cúrcuma.  Existem misturas que contem até 16 diferentes especiarias e ervas. É o tempero básico de pratos indianos. Normalmente utilizado em ensopados de frango ou de pescados.

CebolaCebola

Ingrediente indispensável na culinária. É a base da maioria dos refogados e entra na preparação de milhares de receitas. Pode ser utilizada crua, refogada, assada, frita ou cozida. Combina com praticamente tudo.

Cebolinha-verde

CebolinhaA cebolinha-verde, ou cebola-de-cheiro é da mesma família da cebola comum. Seu sabor é delicado e agradável. Pode ser usada como tempero para diversas receitas. Bastante utilizada na culinária típica brasileira, faz um bom par com a salsinha ou o coentro.
Eu uso bastante em molhos para hambúrger, depois coloco a receita.

Cheiro-verde

É uma mistura de cebolinha com salsa. Fresco ou desidratado, esse tempero é indicado para dar sabor e aroma aos refogados, aos ensopados e aos assados em geral.

Coentro

As folhas do coentro são aromáticas e podem ser empregadas para tempero de peixes e moquecas. É utilizado também em cozinhas mais exóticas, como a tailandesa e a mexicana.

Cogumelos

CogumelosSegundo os franceses, os cogumelos trazem para mesa o aroma do bosque. Atualmente, encontramos várias qualidades de cogumelos, como os Paris, os Shiitake, os Shimeji e os Caetetuba. Cogumelos frecos devem ser limpos com um pano em vez de lavados. Encontram-se também os cogumelos secos ou desidratados, que possuem um sabor forte e marcante. Devem ser reidratados antes de serem utilizados nas receitas.

Colorau

ColorauTambém conhecido como colorífico, é extraído do pimentão vermelho ou das sementes do urucuzeiro, árvore nativa brasileira. Emprega-se para dar coloração vermelho-alaranjada a arroz, patês, molhos, aves e carnes de todos os tipos, na tradicional moqueca capixapa e em outras receitas.

Cominho

Cominho em póÉ uma semente pequena e alongada. Pode ser utilizada em grãos, para povilhar pães salgados, ou em pó, como tempero de carnes de panela ou de assados. É um tempero básico da culinária regional nordestina. Apresenta um sabor forte, deve ser usado moderadamente, pois tende a dominar os sabores da receita.

Cravo-da-Índia

cravo_da_indiaTem a forma de um pequeno botão de flor e aroma forte e picante. Utiliza-se inteiro em doces de frutas, sejam em calda ou em pasta. É empregado também em bebidas, como quentão e vinho quente à brasileir. Em pó (pequena quantidade), serve para temperar carnes, ensopados e recitas de bolos, tortas e pães.

DillDill

Uma saborosa e aromática erva, de sabor levemente anisado e parecido com o das folhinhas de erva-doce. Bastante empregado em receitas com peixes, nos molhos com iogurte e em algumas receitas com legumes.

Erva-Doce

Erva-DoceSuas sementes são usadas em pães, doces, bolos, biscoitos e tortas. Serve também para aromatizar o chá que entra na composição da geléia de mocotó. Prepara-se também um delicioso chá com suas sementes.

Estragão

Erva de folhas longas e finas, bastante aromática, utilizada largamente na culinária francesa. Alguns bons vinagres são aromatizados ao estragão.

Gengibre

∏Œ¡≈A raiz do gengibre tem sabor picante e aroma muito acentuado. No norte do Brasil, ela é usada para temperar alguns pratos típicos, como a moqueca de peixe e o tradicional quentão. Na culinária oriental, é um dos ingredientes de base. Indispensável como acompanhamento para sushis e sashimis. Em pó, pode ser utilizado como aromatizante para biscoitos, bolos e tortas.

Gergelim

gergelimAs sementes de gergelim são usadas ao natural ou torradas. Ao natural, são polvilhadas sobre massas de pães, tortas e biscoitos. Torradas, são mais apropriadas para polvilhamento de massas com calda de mel à chinesa, doces árabes e alguns pratos da culinária oriental.

Hortelãhortela

A hortelã fresca é muito utilizada na culinária árabe. Outro clássico é a geléia de hortelã, que acompanha receitas de carneiro e cordeiro. Entra, ainda, no preparo refrescos, drinks, licores e chá.

Kumel

alcaravia-kumelConhecido no Brasil por alcaravia, é muito utilizado por alemães e húngaros para dar sabor característico a alguns de seus pratos mais comuns, como saladas de batatas, patês, chucrute, pães, bolos e biscoitos.

Lourolouro

É utilizado como aromatizante e como estimulante de apetite. Encontrado em folhas secas ou frescas na maioria dos mercados, serve para aromatizar carnes de todos os tipos, ensopados, caldos e marinadas. Algumas pessoas colocam no feijão preto. É utilizado também no cozimento de castanhas.

Manjericãomanjericao

É bastante aromático, sendo usado na preparação de molhos de tomate, no tradicional Pesto genovês, em saladas, cremes, pastas, tortas e pizzas.

Manjeronamanjerona

De aroma e sabor delicados, a manjerona é usada no cozimento de presunto tipo tender, em molhos de tomate (com ou sem carne) e em assados de carne de porco.

Molho Inglês

molho_inglesCondimento bastante utilizado na culinária. Realça o sabor de algumas receitas e torna-se ingrediente principal de outras. Combina com carnes em geral e fica ótimo em sanduíches e molhos. Na composição básica entram anchovas, cravo-da-índia, vinagre e açúcar.

Mostardamostarda

Condimento preparado a partir das sementes de mostarda misturadas com vinagre e cúrcuma, para dar cor. Encontrada em várias preparações diferentes, é indicada como acompanhamento para carnes, salsichas e embutidos em geral. Entra também na preparação de vários molhos, como o molho de mostarda, servido com filet mignon.

Noz-Moscada

noz_moscadaA noz-moscada é uma noz aromática. Ralada, serve para dar sabor característico a sopas, molhos, recheios de carne e frango, aves e carnes ensopadas ou assadas. Muito utilizada também em receitas doces. Utilizada na medida certa, confere um sabor delicado aos pratos. Pode ser prejudicial à saúde se utilizada em excesso, pois seus óleos essenciais possuem princípios ativos.

Orégano

oreganoTem aroma forte e tanto pode ser usado fresco como seco. Indicado para aromatizar pizzas e outros pratos da culinária italiana. Seu sabor tente a dominar a receita, portanto, deve ser usado com moderação. Para liberar mais sabor e aroma do orégano, ao adicioná-lo na receita, esfregue as folhinhas entre os dedos.

Papoula (Sementes)papoula_semente

A semente de papoula tem um sabor agradável e uma textura crocante. Como condimento, pode ser salpicada em massas, biscoitos, strudel e pães. Usa-se também em algumas receitas salgadas.

Pápricapaprica

A páprica doce é extraída de pimentões vermelhos secos. Já a páprica picante é o resultado da pulverização de pimentas vermelhas ao sol. Tanto uma quanto a outra servem para das sabor e cor a diversas receitas. Bastante utilizada na culinária húngara, alemã, polonesa e também na Espanha.

Pimenta-Branca

pimenta brancaA pimenta-branca é extraída do mesmo fruto da pimenta-do-reino. Menos aromática e menos picante. O uso de ambas é o mesmo, mas a pimenta-branca dá um aspecto melhos ao tempero de sopas claras, maioneses, salpicões de legumes com carnes brancas ou presunto e pratos à base de molho branco, porque sua cor não se destaca.

Pimenta-de-CaienaPimenta de Caiena

É uma espécie de pimenta vermelha seca e transformada em finíssimo pó. Muito ardida, deve ser utilizada com cautela. É uma das pimentas mais utilizadas na culinária do sul dos Estados Unidos.

Pimenta-Calabresa

pimenta calabresaÉ a pimenta vermelha seca e transformada em flocos. Destaca-se por ser muito picante. Pode ser acrescentada a refogados bem como na finalização da receita. Utilize-a com moderação, pois ao ser aquecida ela libera os óleos essenciais que conferem bastante ardor à receita.

Pimenta da Jamaicapimenta da jamaica

Apreciada especiaria, também conhecida como pimenta-síria ou tempero ba-har. Seu sabor e aroma lembram uma combinação de canela, noz-moscada e cravo. Útil no preparo de picles, peixes, carnes, frangos e alguns doces.

Pimenta-de-Cheiropimenta de cheiro

As pimentas-de-cheiro são facilmente identificáveis. São bolinhas vermelhas ou amarelas, muito usadas na culinária brasileira, principalmente na baiana. Seu sabor é suave e menos picante do que o da maioria das pimentas e possui aroma agradável, que estimula o apetite.

Pimenta-do-ReinoPimenta do reino

Também conhecida como pimenta-preta, preferencialmente deve ser moída na hora, para manter suas características de aroma e sabor. Podem ser utilizados os grãos inteiros no preparo de caldos, conservas e molhos básicos.

Pimenta-malaguetapimenta malagueta

Pequena, porém poderosa, essa é uma das pimentas mais ardidasm sendo muito usada na cozinha regional brasileira.

Pimenta-Verde

É o poivre-vert dos franceses: a pimenta-do-reino que foi colhida antes de amadurecer e que dá aos pratos um sabor todo especial. Levemente picante e perfumada, serve especialmente para temperar carne bovina. O prato mais conhecido entre os preparados com ela é o filé ao poivre-vert.

Raiz-Forteraiz forte

De forte aroma e sabor acentuado, é usada para temperar patês de queijo, saladas cruas de pepino ou rabanete, arenque e molhos.

Sal

salTempero usado, mundialmente, em quase todos os pratos. De sua exata dosagem depende o sucesso ou o fracasso de um prato. Entra também na composição de muitos doces, pois realça o sabor. É encontado em várias formas: refinado, marinho, grosso e em pedras. O sal marinho é o mais indicado para a culiária, pois proporciona à receita um sabor bastante agradável e pouco ácido.

Salsasalsa

Um dos temperos mais usados na coZinha. De sabor agradável e aroma suave, a salsa comleta as mais variadas receitas. Pode ser encontrada nas espécies lisa ou crespa, sendo esta a mais indicada para a decoração de pratos.

SalsãoSalsão

É semelhante ao aipo. As folhas entram no preparo de caldos, sopas e cozidos. Os talos podem ser consumidos crus, em forma de salada, ou refogados. É ainda um dos ingredientes básicos dos refogados à moda italiana, utilizados em receitas de ensopados.

SálviaSALVIA

É uma erva de folhas ligeiramente acinzentadas, aromáticas e levemente azedas. Servem para o tempero de assados em geral, molhos de sabor forte e carnes de carneiro, cabrito e porco. Bastante utilizado na cozinha italiana. Combina com molhos à base de manteiga.

Segurelha

É o mesmo que alfavaca.

Tomilhotomilho

Mais uma erva importantíssima na culinária internacional. De pequenas folhas arrendondadas, com sabor delicado, lembrando o orégano, porém mais suave. Entra no tempero de carnes e aves em geral, combina com tomates, batatas e legumes. O azeite e o alho são companheiros ideais para o tomilho.

Vinagre

vinagreEsse é mais um ingrediente importante na culinária. Sua origem é muito antiga. Ele é resultado da acidulação de vinho, arroz ou maçãs. O mais comum é o vinagre de vinho branco. O vinagre de arroz é utilizado em toda a culinária asiática e o de maçãs, em algumas culturas européias e norte-americanas. Indispensável em receitas de molhos para saladas e em algumas marinadas para carnes.

A minha nova ajudante na cozinha – MFP


Olá, 
Venho apresentar-vos a minha nova ajudante na cozinha!

Tanto falei, que o meu querido marido me foi comprar uma MFP (Máquina de fazer pão).
Não é nova, mas está impecável. Foi uma odisseia encontrar na net o livro de instruções, mas o meu colega  lá me conseguiu ajudar. No entanto, só existe o manual em Francês. Dá para perceber minimamente com os meus conhecimentos básicos da língua 🙂
Se alguém tiver uma igual e me possa enviar uma cópia do manual em Português, seria óptimo!

E agora, ando a explorar receitas para pôr a minha MFP a funcionar….


Aqui fica um link de ajuda para obter receitas 🙂 MFP Receitas

Um abraço!
%d bloggers like this: